Livro sobre o Clube Estrela é lançado em Tibagi

O Clube Estrela da manhã é um dos temas do livro "Sociabilidades Negras Nos Campos Gerais", das autoras Ione da Silva Jovino e Merylin Ricieli, que foi lançado na última sexta-feira (19), no palco externo da Casa da Cultura. O lançamento reuniu a vice-prefeita, Helynez Santos Ribas, demais autoridades e pessoas da comunidade.




O livro é fruto de um projeto de extensão, dentro do Núcleo de Relações Étnico-raciais de Gênero e Sexualidade, da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Nele está a memória dos frequentadores e direção de quatro clubes negros da região e de Curitiba. 



Helynez classificou como um "presente" a história do clube Estrela ser retratada no livro. "O Clube Estrela faz parte da história de Tibagi e ao ser utilizado como objeto de estudo, mais pessoas podem ter acesso e conhecer um pouco mais desse clube e da cultura tibagiana. As autoras nos deram um presente. Tibagi sempre será grato por este momento que marca profundamente nossos hábitos, costumes e resgatam histórias que agora estão eternizadas nesta obra tão importante", afirmou a vice-prefeita.



As escritoras explicaram, durante o evento, o diferencial do Clube Estrela com os demais clubes estudados no projeto. "Aqui o diferencial para nós é que esse clube trabalhava próximo ao outro. Tinham eventos em comum, coisas que a gente não notou muito na história dos outros clubes que a gente trabalhou", afirmou Ione.



Já Merylin, apontou a população como o fator diferencial. "Em Ponta Grossa, a predominância racial, autodeclarada pelo senso, é branca e aqui em Tibagi, não. Então uma das questões que a gente decidiu observar é isso. Aqui conseguimos perceber porque as pessoas ainda vivem esse clube", destacou.



O coordenador do Museu, Neri Aparecido Assunção, afirma que o livro é também uma forma de homenagear todas as pessoas que fazem parte do Clube Estrela. "Por muitos anos o Clube Estrela fez parte da rotina da população negra tibagiana. Ao ser retratado em um livro, ao lado de grandes clubes, todas as pessoas que de alguma forma participaram da história do clube estão sendo homenageadas e representadas", frisou Neri.



Além do livro, foi produzido também um documentário que retrata o Clube Estrela e o Clube 13 de Maio, de Curitiba. O filme será exibido em outras regiões do estado.



Durante o lançamento, as autoras trouxeram três exemplares do livro para ficarem em Tibagi. Um ficará na Biblioteca Historiador Luiz Leopoldo Mercer, outro ficará no Museu do Garimpo e um ficará no Clube Estrela da Manhã.



Interessados em adquirir o livro, podem acessar o site da 
editora CRV , que distribuí o título.

Fonte e texto: Assessoria de Comunicação
Imagens: João Pedro Agostinho